ESTE BLOG É UM ESPAÇO RESERVADO A TROCAS DE EXPERIÊNCIAS ENTRE FUNCIONÁRIOS, PROFESSORES DIREÇÃO , PAIS E TODA COMUNIDADE ESCOLAR.

quarta-feira, 27 de abril de 2011

professoras da E.M.J.L.S. trabalha com os alunos sobre a páscoa.

Texto sobre a Páscoa






O SEGREDO DOS OVOS DE PÁSCOA

(Sonia Robatto)


Tem muita vida que nasce de um ovo, não tem? Tem ovo com vida de passarinho dentro, ovo com vida de pintinho, ovo com vida de lagartixa, ovo com vida de cobra... Tem ovo de todo tamanho e vida de todos os jeitos...
Mas o que será que nasce de um ovo de Páscoa? Isso eu não sabia e fui perguntar à Dona Galinha.
- Ó Dona Galinha, a senhora que é especialista em ovo, me diga uma coisa: o que nasce de um ovo de Páscoa?
Dona Galinha, muito despeitada com a concorrência das coelhinhas, cacarejou:
-Não nasce nada, minha filha! É ovo gorado, ovo falso, falsificado! Maluquices dessas coelhas de hoje em dia. Eu nunca ouvi dizer que uma coelha soubesse por ovos, chocar e tudo! Ovo que se preze tem pintinho dentro!
O galo apareceu e eu saí depressinha do terreiro. Fui andando por ali e por aqui, até que encontrei numa árvore a Dona Coruja. Repeti a minha pergunta:
-Ó Dona Coruja, a senhora me diga, por favor: o que é que nasce de um ovo de Páscoa?
Dona Coruja deu uma risadinha superior, esbugalhou bem os olhos e falou:
-É claro que nascem corujinhas. As corujinhas, como todo mundo sabe, são os animais mais bonitos do mundo! Os meus filhos são muito inteligentes, muito...
Deixei Dona Coruja se elogiando sozinha e fui em frente, no meu caminho. E no meu caminho tinha uma cobra. Eu fui logo perguntando:
-Ó Dona Cobra, me diga, se possível for: o que é que nasce de um ovo de Páscoa?
-Cobrinhas, ora...
E continuou serpenteando o seu caminho.
E eu fiquei ali, debaixo daquela outra árvore, chocando os meus pensamentos. Até que nasceu na minha cabeça a idéia de procurar Dona Coelha. Afinal, ela devia saber tudo sobre ovos de Páscoa.
Fui andando por aqui e por ali, até que encontrei a sua casinha.
A casa de Dona Coelha mais parecia um formigueiro! Tinha coelhinhos de todos os tamanhos, cores e idades. Todos fazendo ovos de Páscoa. Dona Coelha mexia um tacho num fogão de lenha, cantando uma musiquinha, e os coelhos repetiam o refrão:
Meu limão, meu limoeiro,/meu pé de jacarandá,/ uma vez tindo-lê-lê,/ outra vez tindo-lá-lá...
Pedindo licença, fui passando no meio dos coelhinhos até que cheguei perto de Dona Coelha e fui logo falando da minha dúvida.
-Desculpe Dona Coelha, eu andei por aí perguntando o que nasce de um ovo de Páscoa, e ninguém soube me responder direito até agora. Dona Galinha disse que não nascia nada. Dona Coruja disse que nasciam corujinhas. Dona Cobra, cobrinhas. Eu não estou entendendo mais nada. Nunca ouvi dizer que tivesse cobras dentro de um ovo de Páscoa! Elas estão brincando comigo, não estão?
Dona Coelha sorriu:
-Cada pessoa põe no seu ovo de Páscoa um pouquinho da sua vida. Ovo de coruja vira coruja. Ovo de cobra vira cobra, ovo de lagartixa vira lagartixa... É preciso tomar muito cuidado com o que se põe dentro dos ovos de Páscoa.
Eu continuava sem entender nada. Mas Dona Coelha continuou explicando:
-O que a pessoa colocar dentro do ovo de Páscoa nasce. Nasce a amizade, nasce carinho, nasce esperança, nasce felicidade...
Dona Coelha e sua imensa família continuaram cantando felizes quando eu saí de lá carregada de ovos de Páscoa.
E sabe o que aconteceu quando eu cheguei em casa? Não sabe?
Peguei os meus cartões de Páscoa para mandar junto com os ovos para os meus amigos. E fui escrevendo tudo o que eu sentia que estava nascendo no meu coração para cada um deles. Nasceu a esperança de um futuro lindo para Pedro, o desejo de uma vida cheia de paz para Madalena...
Pendurei os cartões nos ovos de Páscoa e me pareceu que cada ovo brilhava cheio de vida!




























segunda-feira, 25 de abril de 2011

Professora Míria trabalhando com material dourado.

nos dias atuais é muito importante que a escola proporcione aos alunos um ambiente que incentive a diversidade cultural e o desenvolvimento da capacidade de aprender e de buscar soluções de variadas maneiras.
Por exemplo: aula expositiva com o famoso material dourado, que integrado ao novo ajuda as crianças a aprenderem, compreenderem e até mesmo a descobrirem, boa parte da matemática curricular.
Nessa aula expositiva, uma maneira de ajudar as crianças a adquirir os conceitos abstratos de unidade, dezena e centena é relacionar o material dourado com experiências com cédulas de 1, 10 e 100 de um sistema monetário decimal, visando que além de, em vez de treinar conteúdos procedimentais, buscar a compreenção conceitual, o contexto é familiar e atrai o interesse das crianças em geral.











segunda-feira, 18 de abril de 2011

Bingo da Tabuada

OBJETIVO FIXAR OS FATOS DA MULTIPLICAÇÃO.
Antes de iniciar a professora revisa com eles os fatos em estudo e registra no quadro os produtos depois de todos registrarem os produtos a escolha na cartela o professor com os em uma caixa começa a sortear fatos ( como no bingo) só dita o fato sorteado exemplo: 2x7, 3x5, 3x9.... o produto o aluno tem que calcular mentalmente e verificar se está em sua cartela, caso esteja marque -o,vence quem marcar todos os produtos primeiro.












Professora Deiva faz entrega dos livros didáticos da sua turminha.

Professora Deiva faz a entrega do livro didático da sua turminha usando a criatividade,
gerou expectativa nos alunos com um conto sobre os amiguinhos que iriam receber incentivando a imaginação e trabalhando de forma lúdica, tudo ganha mais sentido e significado para as crianças quando podem dar asas a fantasia.











lembrancinha dia das mães da professora Cida Mendes

lembrancinha dia das mães da professora Cida Mendes

A você aniversariante

A você  aniversariante
Helena Menezes